1233710-8882-atm14

e hoje ocorreu a 13ª Parada do Orgulho Gay de São Paulo. O evento é, senão o maior, uma das maiores paradas gays do mundo, e de acordo com informação divulgada pela organização, 3 milhões de pessoas eram esperadas no evento. 3 milhões, mais que o dobro população da Grande Vitória (pra quem não sabe, formada pelas seguintes cidades: Serra, Vila Velha, Cariacica, Fundão, Guarapari e a capital, Vitória).

Seria realmente um avanço gigantesco se todas as pessoas presentes na parada realmente estivessem lá para lutar pelos direitos dos homossexuais, para que todos tenham assegurado, de fato, o direito constitucional da igualdade perante o Estado e sociedade.

Não participo de paradas gays porque não gosto. Justamente porque, na minha opinião, o evento se transformou em um dia em que todos os presentes esfregam na cara das pessoas a sua sexualidade, sem um mínimo de decência e pudor. Fui uma vez só, em 2007, aqui em Vitória, e confesso que as cenas que presenciei pouco me lembravam uma manifestação em prol da igualdade e do respeito. Pelo que já ouvi de amigos a respeito da passeata de SP, não é diferente.

Vi gente urinando na frente de idosas, mostrando as genitálias para quem quisesse ver; pessoas extremamente bêbadas caídas pela rua; pessoas usando drogas indiscriminadamente; vi homens se pegando de forma tão explícita que o pouco que faltava era arrancarem a roupa e praticarem sexo ali mesmo, no meio da rua. O evento havia se transformado em uma micareta.

Não acho que faltar com respeito aos outros, praticar atos obscenos em público, e andar cambaleando de bêbado pelas calçadas seja a melhor forma de conseguir alguma visibilidade positiva, e, muito menos, desfazer a errônea imagem de “anormais”, depravados, imorais, que os homossexuais ainda possuem perante a sociedade.

Respeito se conquista com respeito ao próximo – é mostrando que, apesar das diferenças, somos pessoas normais, comuns, que trabalham, estudam, pagam contas, amam, tem dores de cotovelo, choram, e vivem. Que não interessa se você beija um outro homem ou uma outra mulher – você não é só gay 24 horas por dia e isso não te define enquanto ser humano. Além de sermos gays, somos profissionais, filhos, alguns pais, amigos, irmãos, vizinhos, conhecidos ou desconhecidos.

*

ESSE tipo de coisa, passa despercebido.

Anúncios

4 Respostas to “”

  1. Rodrigo Says:

    A parada gay perdeu o sentido faz tempo! Virou pretexto pra tudo, menos pra defesa da aceitação e dos direitos dos homossexuais. E os fanáticos religiosos são outra turma do balacobaco. Sabe o que eu acho? Alienação e falta de esclarecimento dos dois lados. São extremos. A imagem que uma pessoa tem da parada gay é de um monte de marmanjos montados. Ser gay é (só) isso? Não. E os evangélicos & cia. também pregam uma condenação absurda dos homos, como se fossem uma praga. Falta visão nisso aí, falta aumentar o tamanho das cabecinhas desses narrow-minded. Prontofalei.

  2. Digotorres Says:

    Bom, concordo com a maioria das coisas que você disse, mas não acho que ficar de fora seja a melhor maneira de mudar essa imagem.
    Eu vou, sempre, e mostro o que eu quero que vejam.
    Talvez não faça diferença alguma diante dos milhares que estão lá exibindo pouca vergonha, talvez. Mas talvez faça, talvez alguem veja o que eu quero mostrar, o que vc quer mostrar.
    E isso é melhor que nada.
    E, muitos já pensam como a gente. Se nos verem lá podem querer ir.
    Lembra daquele clichê: A mudança do mundo começa em vc???

    Ai, falei.

  3. pree Says:

    que texto são, amigo.

  4. leandro Says:

    bem acredito que os evagelicos como outros criticos com relaçoes ao mundo gay, so comentam ou falam do que veem, do que ouvem.eu sou gay mais nao tenho orgulho dessa forma abussiva que os gays querem impor seus direitos, ja foi em paradas gays varias e achei uma berração, um monte de travestir ridiculos mostrando tudo o que eles acham ser bonitos, depravaçoes,nudez e muitas coisas que jamais quero mencionar..uma sexualidade depravada,corrompida e mau adiministrada, jamais tera direito algum, porque o mundo pode ta terrivel,em crize,em violençia, mais ainda existe pessoas como eu que acredita em humanos saudavel e nao berraçoes como sao relalizadas nas paradas gay..niguem é obrigado aceita nada de niguem, principalmente algu tão ridiculo e depravado e como gay luto por uma sexualidade saudavel sem depravaçoes, nudez e berraçoes humanos como travestisn ridiculos e homens nu nos trios,parecem mais um carnaval depravado do que um evento por direitos…….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: