Archive for abril \27\UTC 2008

boato

27/04/2008

é boato, ou realmente saiu no jornal “a tribuna” deste sábado que domingo, dia 27 de abril, um tornado irá atingir vitória?

citações

26/04/2008

menino, e eu que abro o blog agoura e vejo que o meu post sobre o padre-voador foi citado num site gringo, que tratava da cobertura que os blogueiros brasileiros estavam dando ao caso. achei super válido, principalmente porque não alteraram nada, traduziram o trecho que foi usado para o inglês, além de terem colocado a fonte – o que nem sempre acontece, uma vez que tende-se a achar que a blogosfera é terra-de-ninguém.

quer ver a matéria integral? clicaqui.

mas sem dúvida, o melhor foi chamarem o padre de “flying priest”.

era tuuudo que eu precisava para entrar no circuito de blogs badaladinhos, virar hype, pintar o cabelo de rosa e apresentar um programa na mtv. [/ironia]

*

obrigado ao josé murilo júnior pela citação.

OVNI captado pelos radares da FAB

25/04/2008

e a cada momento chegam novas informações quentíssimas sobre o paradeiro do padre-piloto.

um fiel da comunidade onde o sacertode era pároco, diz ter tido um pressentimento de que ele estava na região de florianópolis, capital de santa catarina. por conta disso, a família do padre resolveu alugar um teco-teco avião para fazer as buscas na área apontada pelo vidente.

segundo informações recentes, vou dar uma dica pros parentes: acho bom dispensar o avião, e contratar um ônibus espacial. fontes seguras informam que um OVNI (objeto voador não-identificado) , foi captado pelos radares da força aérea brasileira, entrando em órbita. os satélites foram direcionados para o objeto desconhecido, e advinhem quem era? a foto já está no google earth. vejam:

opa! acho que subi demais!

como usar um gps?

23/04/2008

então, o que tá rolando de piada em cima desse padre que resolveu voar amarrado a balões contendo gás hélio não está nas escrituras sagradas…

opa! solta que eu quero ver Deus de pertinho, caralho.

aliás, a peripécia derradeira do padre aviador é o assunto do dia com um amigo, estudante de jornalismo, que mora no rj. a imprudência do sacerdote, de tão bizarra, chega a ser cômica. como alguém pretende voar de balão com uma condição climática completamente desfavorável, sem ao menos saber operar um gps, minha gente?

segura na mão de Deus, e não olhe para trás… nem pro GPS

o plano do padre era chegar a aproximadamente 2.000 metros de altura, mas segundo os especialistas, antes de cair no oceano, o padre pode ter chegado a 6.000, ou seja, 3x mais do que o planejado. a essa altitude, provavelmente o padre tinha muita dificuldade para respirar, uma vez que o ar é rarefeito, e além da temperatura super baixa, a diferença de pressão provavelmente fez com que o filhodedeus ficasse inconsciente, e talvez até morresse, antes de virar comidinha de peixe.

nossa, será que cheguei no céu? é tudo tão azul, nossinhora!

o fato é que a gente adora uma teoria da conspiração, e já tem nêgo dizendo que ele foi tragado pelo triângulo das bermudas brasileiro. outros tão dando a dica pros bombeiros de onde achar o padre-piloto. parece que ele caiu numa ilha e se juntou a um pessoalzinho que estava perdido por lá também, e a essa altura dos acontecimentos super deve estar queimando uma carninha com os novos amigos. só torcer pra algum deles saber usar o gps.

oi? foi daqui que encomendaram balões pra uma festinha?

ficadica pra defesa civil.

e isso tudo me lembra uma música que minha mãe cantava pra mim quando criança, que se encaixa perfeitamente no caso do padre. segue a letra:

“meu barco é pequeno, tão grande é o mar / Jesus, segura minha mão / ele é meu piloto, e tudo vai bem / na viagem pra jerusalém, amém!”

adaptando para o fato:

“meu balão é pequeno, o gps eu não sei usar / jesus, segura minha mão / ele é meu piloto, e tudo vai bem / na viagem para o além, amém!”

UPDATE: você, que adora tirar sarro dos acontecimentos toscos, clica aqui.

doce difícil de mastigar – e engolir.

23/04/2008

eu sei fazer um álbum ruim também, viu, mariah? beijos.

então, gente. o que é esse cd novo da madonna? eu fui lá, desesperado (não tanto quanto a coitada que morreu após passar dias sentada na frente no pc, esperando o disco vazar), na fissura para baixar o tão esperado novo cd da senhoura (sim, querida, cinqüentinha batendo às portas…). esperava, no mínino, algo à altura de “confessions on a dancefloor”, que, sem dúvida, é uma aula de como se fazer música eletrônica de qualidade, uma obra-prima da cantora.

e, my gosh, após ouvir umas 4 ou 5 vezes o álbum, eu fiquei me perguntando: o que tinha na água das cantoras que lançaram cd esse mês? porra, mariah carey (ok, ela é baranguinha que dói) lançou um cd uóóam no começo de abril, e agora vem digruja, pra fechar, essa bomba em forma de doce. hard candy é, disparado, um dos piores álbuns da carreira de madonna, na minha modesta opinião. não sei daonde ela tirou que quer ser igual às piriguetes de 20 e poucos anos por aí, gente, fazendo parcerias com rapper. e pior de tudo, super senti uma vibe “nelly furtado wannabe” nas parecerias dela com o timbaland (aliás, sou eu que talvez seja mal-comido mal-amado, ou o mundo está babando um ovo indevido para esse cara?). e justin, ok, vc é uma delícia, beijosmeliga, tipos que eu tou super curioso até agora pra entender o que madonna tem a ver com você.

madonna, da próxima vez que você quiser fazer uma merda dessas, me chame para produzir o álbum, prometo que pior do que hard candy nao deve ficar, e, de quebra, vamos nos divertir horrores juntos, é só me ligar. ficadica. beijos.

por sinal…

10/04/2008

… alguém aqui já ouviu falar em “síndrome de estocolmo”?

(larga mão de ser preguiçosa e joga no google, viada!)

coisas novas (e boas) vindo por aí – parece.

10/04/2008

espero nao estar sendo precipitado, mas acho que as coisas podem mudar pra melhor nos próximos dias.

aguardem cenas dos próximos capítulos.

(ok, é jogo baixo esse lance de soltar a informação e deixar o suspense pairando no ar. mas pelo menos assim eu mantenho freqüentes as visitas dos meus 3 leitores).

UPDATE: não tenho certeza de que são 3 leitores, porque ninguém nunca comenta. então, pra eu tirar a prova dos nove, comenta, viado! beijos.

movido a música

08/04/2008

se tem uma coisa que eu gosto de fazer durante o meu dia, é ouvir música. sou praticamente movido a alguma melodia. trabalho melhor, me concentro melhor, se estiver ouvindo uma canção bacana, ou, no mínimo, cantarolando alguma coisa.

mas já tive alguns contratemos por conta disso. desde o colega me mandar calar a boca em sala de aula porque estava resmungando alguma música durante a prova, passando por um vestibular em que cantarolei “miss celie’s blues” o tempo todo, até ser olhado torto na rua, por pessoas provavelmente pensando que eu sofro de algum distúrbio mental sério.

e uma das minhas paixões também é cantar. não me preocupo se canto a letra corretamente, se troco as palavras, se invento frases novas, se desafino. é sempre assim: não posso ver uma rodinha de violão, que sinto uma vontade incontrolável de me juntar a eles. ainda mais se estiverem tocando músicas de bandas 80’s e 90’s, como legião urbana, paralamas do sucesso, kid abelha. ou, internacionalmente, nirvana, guns’n roses, pearl jam. ou mesmo mpb.

o fato é que a música sempre esteve presente na minha vida. me lembro bem do meu pai ouvindo “you got it”, do roy orbison e me ensinando a letra, quando eu tinha não mais que 9 anos de idade. dos meus tios ouvindo mestres da mpb e do samba, desde elis regina até beth carvalho, durante os churrascos da família, sempre com muita cerveja. lembro da minha avó materna cantarolando canções da sua época e ligando seu rádio antigo todo dia pela manhã, da minha avó paterna ouvindo seus hinos evangélicos (inclusive, uma das minhas maiores lembranças da infância é uma fita cassete que ela gravou pra mim, com músicas que até hoje sei a letra…), e da minha mãe, que, vira e mexe, ainda canta “a banda”, de chico buarque.

hoje, sinto o reflexo disso tudo quando eu me pego, por exemplo, tomando banho e cantando ” onde está aquele ‘povo barulhento’? onde está, que não se vê nenhum irmão? alguém com voz de lamento, vai dizer neste momento: ‘aquele povo foi embora pra sião…”

é pessoal

07/04/2008

e eu poderia ficar aqui até o fim dos meus dias discursando sobre como estou decepcionado com as pessoas, e bla bla bla whiskas sachet. mas sabe, eu já cansei. não vale mais a pena eu perder meu tempo, minha noite de sono, e ganhar uma ruga a mais por causa disso.

umbeijoemeliga

.

the ditty bops

05/04/2008

então, primeira dicazinha de música.

the ditty bops

banda de los angeles, mas com levada que lembra new orleans, tocam um bluegrass com influências de jazz e country music, tem vocais deliciosos e harmoniosos (são duas cantoras, Abby e Amanda) e trazem um clima totalmente retrô em suas músicas. conheci a banda porque fui no youtube e digitei “the dirty”, e apareceu a banda, que é “the ditty”. achei o clipe simpatiquinho e resolvi assistir. daí, viciei.

viciem também: