Archive for setembro \30\UTC 2006

30/09/2006

meu cú pra festa da democracia.
meu cú pro lula.
meu cú pra tudo.

*

azedo. e sei exatamente porquê.

Anúncios

20/09/2006



se vocês querem uma definição para a foto, duas palavras:

dor e perfeição.

porque doeu muito para fazer essa tatoo. mas muito mesma.

mas ficou linda demais. perfeita.

e simboliza muito pra mim. mudança. renascimento.

17/09/2006

Quero deixar registrado que eu odeio internet discada, que não abre nem o meu msn – aliás, eu preciso de um velox com uma certa urgência. É fato.

anjo

16/09/2006

Queria poder te ver de novo. Saber da tua história. Poder falar mais da minha. Descobrir sua natureza: se você é anjo, ou homem, ou a mistura dos dois. Olhar teus olhos novamente. É que eles eram puros. E sinceros.

Não estou acostumado a ver olhos assim.

Queria poder te levar ao cinema pela primeira vez. Te agradecer por ter me estendido a mão e ter me feito companhia no momento que eu precisei. Queria te ver sorrir de novo. Porque você enxergou minha alma, e decifrou meu coração. E eu não sentia mais frio, nem fome, nem tristeza, nem nada. Porque ali, na beira da praia, por um instante, você me trouxe paz.

Queria saber quem é você…

pree

16/09/2006

Eu ouvi a voz da Pree!
Eu ouvi a voz da Pree!
Eu ouvi a voz da Pree!

Ela me mandou tomar no cú, ir pra merda, falou muitos palavrões como caralho, porra e afins, e eu amei. E ela me chamou de filho-da-puta, e disse que me ama. Aí eu quase chorei de alegria.

Vai entender esses fãs capixabos…

14/09/2006

é a verdade o que assombra
o descaso que condena
a estupidez o que destrói
vejo tudo o que se foi
e o que não existe mais

tenho o sentido já dormente
o corpo quer, a alma entende
esta é a terra de ninguém
sei que devo resistir
eu quero a espada em minhas mãos…

12/09/2006

Todas as pessoas têm o direito de buscar a felicidade.
De buscar o amor.
Acredito nisso.
Mas acredito também em caráter. Em honestidade. Em respeito.

Somos tão pequenos. Podem tirar tudo de nós. Nosso dinheiro, podem violentar nosso corpo.
Mas existe um pedacinho de cada um, que ninguém pode tirar.
A integridade.
O que nos torna humanos. O que nos diferencia dos animais não é somente a capacidade de pensar, mas também de sermos íntegros.

Sem a nossa integridade, nos tornamos bichos.

Aí, nesse caso, ser egocêntrico é um defeito, sim. Porque aí é egoísmo desmedido, inconseqüente.

Buscar a felicidade sem medir o peso dos nossos atos, sem respeitar o sentimento do outro, vendendo a nossa integridade por tão pouco, não é digno, nem humano, e não há nenhum louvor nisso.

A felicidade às custas do sofrimento dos outros não somente é deplorável, mas também é cruel.

09/09/2006

“Meu território é o da Liberdade Absoluta. Eu venho para semear discórdia, quebrar paradigmas, espicaçar padrões. Não trago nenhuma resposta: só quero te fazer perguntas. Quero mexer na tua cabeça, por fora e por dentro, voluptuosamente! Quero fazer um cafuné maluco e delicioso nos teus neurônios enrolados. Passar um pente fino nos caracóis da tradição. Porque, assim como Ele, não vim trazer a Paz. Nem venho te propor sossego. Eu te convido a ter coragem. Eu te convido a um salto profundo.”

Tirado daqui, ó
http://mude.weblogger.terra.com.br/

09/09/2006

Boomerang Blues

Tudo o que você faz
Um dia volta pra você
Tudo o que você faz
Um dia volta pra você
E se você fizer o mal
Com o mal mais tarde você vai ter que viver

Não me entregue o seu ódio
Sua crise existencial
Preliminares não me atingem
O que interessa é o final
E não me venha com problemas
Sinta sozinho o seu mal

Por que tentar sentir demais?
E você só me usou
Eu tentava ajudar
E você só me queimou
Mas é errando que se aprende
Minha boa vontade se esgotou

Os aborígenes da Austrália
Com o boomerang vão caçar
O boomerang vai e volta
E só fica quando consegue acertar
E eu sou como um boomerang
Quando eu acerto é pra matar

Como um boomerang tudo vai voltar
E a ferida que você me fez é em você que vai sangrar
Eu tenho cicatrizes
Mas eu não me importo não
Melhor do que a sua ferida aberta
E o sangue ruim do seu coração

Eu só não entendo como fui cair
Dentro da sua teia e não tentei fugir
Me sinto mal lembrando o que aconteceu
Você tentou roubar
Mas o boomerang agora é meu.

06/09/2006

até que já me conformei com essa vida ruim. todos vão viajar no feriado – exceto eu. tenho que trabalhar.

affe!