Archive for maio \31\UTC 2006

31/05/2006

Tenho pensado bastante sobre várias coisas ultimamente. Não que isso seja uma novidade, uma vez que o que eu mais faço é pensar na vida. Mas dessa vez eu sinto que é diferente, babe.

Sou um especialista em auto-sabotagem, e já disse isso antes no meu antigo blog. Sempre que uma situação estava bem demais, sempre que me sentia bem ao lado de alguém, era inevitável, surgia uma inquietação – se estava bem demais, era porque havia algo de errado. E, por conseguinte, me desinteressava, assim, sem nem saber bem o porquê.

Com isso perdi várias oportunidades bacanas, de viver experiências enriquecedoras. Não sei se o problema é comigo, se eu sou muito exigente comigo mesmo ou com os outros, mas o fato é que, se for pela metade, não quero. Tem que ser na sua totalidade, tem que ser inteiro. Não sou suficientemente racional para administrar a parcialidade das situações.

Hoje a situação já é um pouco diferente. Estou me permitindo mais. Talvez seja porque eu me dei conta de que não só quero mais, mas também preciso de mais. E isso já é metade do caminho. Reconhecer suas próprias necessidades e anseios. Se aceitar, se assumir, não para os outros, nem pra ninguém – mas se assumir pra si mesmo. Aceitar quem você é, o que você é. E ainda por cima, entender que você é uma pessoa maravilhosa, com todas suas qualidades e defeitos.