Archive for abril \10\UTC 2006

10/04/2006

Dissemos coisas que nunca deveriam ter sido ditas. Coisas que não deveriam ter sido feitas.

Mas já foi. E pedir perdão é desnecessário, mesmo porque o amor perdoa antes do pedido. Mas não há como negar que as consequências, essas sim, o pedido de perdão por mais sincero que seja, não apaga.

E a falta de amor próprio é o que destrói a alma. Não saber como se deixou chegar a esse ponto. Não saber mais quem você é, qual é o propósito. Pra onde você vai.

Não que seja só culpa de uma das partes. Mas sim, das duas. E, principalmente, daquela parte que se anulou, quando deveria ter se policiado e não ter se deixado levar pela intensidade do outro. Porque também é intenso, e sendo assim, também necessita de doação.

Tempos confusos.

Só queria que você soubesse que eu quero você por perto. Preciso de você por perto.